Bordado com contorno fora do lugar

É comum encontrar o relato de artesãs reclamando de bordados que ficaram com o contorno fora do lugar, longe do miolo, e que acaba por estragar todo o material.

Mas afinal, por que o contorno que arremata o trabalho do bordado eletrônico às vezes fica fora do lugar?

Isso acontece porque a máquina começa a bordar o "recheio", bate muitos pontos e começa a puxar o tecido levemente pra dentro, aí quando vem o contorno, ele vai no lugar como se não tivesse sido repuxado.

Há também o problema em se diminuir o tamanho da matriz, com a facilidade de manipular as matrizes de bordado eletrônico, muitas artesãs acabam por estraga-las ao modificarem seu formato ou fazendo junções e montagens, por falta de conhecimento do que isso acarreta aos pontos (já falamos sobre isso aqui no blog).

Antes de tudo: NÃO SE DEVE MEXER NO TAMANHO DE UMA MATRIZ!

Pode acontecer também com: 1) Tecido mal fixado no bastidor; ou 2) Falta de entretela adequada para suporte ao bordado; ou 3) Matriz que foi diminuída sem reduzir a quantidade de pontos; ou 4) Matriz mal feita (muito ponto, sem compensação de repuxo); ou 5) Braço do bastidor com defeito (não vai até o final).



Existem algumas medidas para prevenir e até remediar o estrago:


1) Fixar bem o tecido no bastidor e assim evitar que ele "sambe" na execução. Lembrando que se for malha ou tecido elástico coloque pelo menos duas camadas de entretela


Vídeo do Canal Doce Lembrança & Cia.


2) Cobrir as falhas com pontinhos na máquina de costura.Depois de feito o estrago, é possível corrigir com ponto zig-zag, na máquina de costura convencional, utilizando-se a mesma linha do bordado.O ponto deve ter comprimento de 0,1 ou 0,2 e largura também bem estreitinha. Vejam amostras de antes e depois utilizando esta técnica.

ANTES:


DEPOIS, com zig-zag:

3) Cobrir as falhas com tinta de tecido

Se as falhas forem pequenas você pode cobri-las com pintinhas feitas com tinta de tecido, faça isso apenas se tem a habilidade de pintar, viu!


4)Se nenhuma das dicas resolver e caso você tenha mesmo que bordar muitos produtos com a mesma matriz, peça para quem fez a matriz gerar uma nova versão corrigida ou faça o orçamento de uma nova matriz com a gente.


Este post só foi possível graças a experiência compartilhada pelas artesãs <3


Créditos: - Bordado Diaconato: Rosie Ane - Bordado Galinha Pintadinha: Alessandra Felipe - Bordado Câmera Fotográfica: Gláucia Araujo - Bordados Sonic: Alessandra Cristina - Dica Zig-Zag: Sílvia Zampar - Dica Pintura: Lucia Almeida - Dica defeito no braço: Sarah Figueiredo

760 visualizações